Os benefícios do açai

Ele é sucesso entre os adeptos da boa forma, sendo consumido antes da malhação para aumentar a disposição ou depois do treino, como forma de recuperar as energias. É o açaí, fruta tipicamente brasileira e de enorme valor econômico para o país.

Essa frutinha do açaizeiro cresce nas florestas tropicais da Amazônia do Brasil. Além de carboidratos, oferece ainda fibras, proteínas, lipídios e boas quantidades de vitaminas C, E, B1 e B2.

Ferro, cálcio e fósforo também são encontrados no açaí, que traz diversos benefícios à saúde. 

  • Prevenção do Câncer – o açaí contém antocianinas, antioxidantes que, segundo pesquisas, podem ter efeito preventivo importante sobre a doença.

E outra: ele traz um tipo de gordura essencial, o ácido oleico, que atua de três formas contra o câncer: atrasa o surgimento de tumores, bloqueia os genes que causam a doença e faz as células cancerígenas de se autodestruírem.

  • Redução do colesterol – essas mesmas antocianinas estão associadas à diminuição dos níveis de colesterol. É o que revela estudo publicado na revista Nutrição.

De acordo com ele, ratos alimentados com dietas ricas em gordura juntamente com a polpa do açaí apresentaram redução de colesterol total e LDL quando comparados aos animais que receberam a mesma dieta, mas sem o fruto.

  • Coração saudável – como consequência da redução do colesterol, está a saúde cardíaca. Tudo porque o suco de açaí protege as artérias do endurecimento (aterosclerose). É o que mostra estudo divulgado em junho de 2011 da revista Atherosclerosis.

E mais: a gordura presente no açaí é parecida com a do azeite de oliva, isto é, faz bem a todo o sistema cardiovascular.

  • Ajuda ao sistema imunológico – antioxidantes e altos níveis de vitamina C auxiliam na manutenção da imunidade.
  • Anti-inflamatório – resultados promissores em pesquisas indicam que o açaí contribui com a redução de sintomas entre os pacientes com enfermidades provocadas por inflamação crônica, doenças autoimunes e asma.
  • Antienvelhecimento – flavonoides e antocianinas presentes no fruto auxiliam na proteção das células, reduzindo sua degeneração e proporcionando um corpo mais saudável e jovem.
  • Proteção contra o Alzheimer – a fruta possui substâncias que deixam o cérebro alerta por mais tempo, além de resguardar o órgão de danos que podem evoluir para um quadro de Alzheimer.